18 novembro, 2007

||| O cantinho do hooligan. Que bom, ganhámos à Arménia.
Olha que bom. Foi uma vitória e tanto, valorosa, muito bem conseguida, heróica, frente ao futebol brutal dos arménios, esses montanheses iletrados, que vieram convencidos de que iam passear a sua classe no estádio de Leiria. Ah, mas nós mostrámos-lhes como se joga. Eu bem ouvi, antes do jogo, aquelas boas alminhas a dizer que são candidatos (nós todos, enfim) a campeões europeus, tudo com o patriótico apoio dos jornalistas do «clube Portugal». Sim senhor, rapazes, jogai assim. Jogai assim na quarta-feira contra a Finlândia e mostrai a esses canalhas dos lagos e das florestas de que massa é feita esta valorosa selecção. Força Portugal. A jogar assim até dá gosto.

O Helder passou-se, como qualquer um de nós, aliás, puta que pariu.
[FJV]

Etiquetas:

4 Comments:

Blogger Luis Eme said...

Acredito que o Scolari vai ser recordado nos "tesourinhos deprimentes"...

10:55 da tarde  
Blogger Rui MCB said...

Aquele jogo SUOMI como um único assobio.

11:31 da tarde  
Blogger Milton said...

Um épico, com efeito. O ocorrido em Leiria será conhecido como o Segundo Genocídio Armênio. Pamuk está de olho.

Grande abraço, Francisco.

:¬)))

10:50 da manhã  
Blogger NUNO FERREIRA said...

animai-vos, hj a "Bola" traz duas páginas sobre o Vitor, o nosso Vitó. Recortai e guardai, em nome do Clube Portugal dos bons velhos tempos, aquele da Coreia, carago, do nosso Oliveira telecomandado pelo Jorge Nuno. Isso sim, era um clube Portugal a sério...aquelas férias em Macau, aquela vitória magnífica sobre a Polónia...
Depois, chegou esse mouro-brasileiro, tirou-nos a selecção, aliou-se aos lampiões, ousou provocar a Invicta. Como o odiamos...

1:24 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home