24 outubro, 2007

||| Filmes que nem de encomenda.
A senhora, alegadamente co-autora do livro, já viu o filme «e amou». Quanto ao meu amigo Nicolau Breyner, e cito do Diário de Notícias, «a indústria implica que haja filmes destes, os chamados filmes de encomenda»
[FJV]

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger Mr. Shankly said...

E os cortes, terão sido de encomenda?

7:01 da tarde  
Blogger Luis Eme said...

Não percebo como é que isto pode acontecer.

Pensava que o cinema, tal como outras artes, era de autor, e que os autores eram os realizadores.

Pelos vistos estava enganado...

12:12 da manhã  
Blogger Ana Paula said...

Parece-me inacreditável! Espero nunca ter que o ver...

4:04 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home