27 maio, 2006

||| Portugaaaaalee.
Ou seja: jornalistas da bola, respeitem «o espírito de cooperação e saudável relacionamento» que existe com o Clube Portugaaaalee, ou terão problemas e serão recambiados. [Via Glória Fácil (JPH) e Contrafactos & Argumentos].
Claro que a FPF não expulsará ninguém. Claro que nenhum jornalista deixará de puxar pelo Clube Portugal. Mas convém notar que isso («Clube Portugal, como responsável pela emissão das acreditações para o estágio a realizar em Évora, reserva-se o direito de retirar a acreditação a qualquer membro da Comunicação Social que não respeite o espírito de cooperação e saudável relacionamento de trabalho») está escrito. E se está escrito é uma vergonha. Espírito de cooperação saudável? Retirar a acreditação? O que diz a ERC? Ou as leis da FPF não têm que respeitar a lei geral? E se não me apetecer cooperar -- e apenas dar notícias? Temos de ser todos da companhia? Abençoado «edifício desportivo» que tão saudáveis leis e tão bonito respeitinho promove.

8 Comments:

Blogger mariajoni said...

Conheci o seu blog ha poucos dias, e noto que à medida que se passaram 3 dias, os assuntos têm sido à volta de coisas muito "sagradas" em portugal: o futebol, a (má) educação, ah e claro, sexualidade. Disseram-me que é um reconhecido escritor, e aplaudo-o por isso (e tenho pena de só agora o conhecer). Mas... por favor, deixe lá as críticas do futebolismo e dos beijos gays (e porquê gay, nao podiam ser beijos de lésbicas? dizem que os homens vêem mais TV que as mulheres...), adiante, e escreva sobre coisas que realmente o interessam. Se interessarem a si, o seu texto torna-se mais empolgante e, logo, mais interessante se torna para quem o lê! Concorda comigo? Então força, vá em frente que pelo menos tem aqui uma leitora assídua! Melhores cumprimentos.

4:11 da manhã  
Blogger Nuno said...

Caro Francisco.

Olá. Isto é completamente off-topic, mas era para saber se recebeu o meu e-mail sobre a edição anotada e comentada da Mensagem.

Não quero parecer despropositado, mas também parece que o e-mail da casa fernando pessoa não funciona, porque nunca há respostas de qualquer espécie.

Agradecia uma resposta, mesmo telegráfica. Obrigado.

Se já pensava responder, peço-lhe que ignore este comentário.

4:06 da tarde  
Blogger mao morto said...

Tudo pela Selecção, nada contra a Selecção! :-P

5:51 da tarde  
Blogger Pedro Almeida Vieira said...

Não me choca que haja regras, para evitar o caos, mas o tom ameaçador da nota final do regulamento mostra afinal que o objectivo da FPF não é tornar as coisas organizadas; mas sim amedrontar.

No entanto, o que mais me choca é a nova denominação da Selecção Nacional: Clube Portugal???? Se conheceres algum outro país que teve a mesma ideia peregrina, parola e provinciana, diz sff.

10:49 da tarde  
Blogger jc said...

Que coisa. O que isto nos lembra. Que tristeza. Ó FPF, lava-te.

12:33 da manhã  
Blogger Joao said...

Parece aquela coisa da SporTV. É vergonhoso ver uma "empresa" - que é o que a FPF é - usar os simbolos nacionais para ganhar mais e mais... E não é ganhar jogos, é para ganhar €€€.
Sará que alguns do meus impostos vão para ela? Será que eu pago viagens, e jantaradas, e alojamentos?

12:14 da manhã  
Blogger Flávio said...

A porcaria do futebol já mete nojo. A única pessoa lúcida nesta matéria é o nosso Pacheco Pareira, honra lhe seja feita.

6:23 da tarde  
Blogger Flávio said...

Já agora, uma pergunta aos filósofos da pelota: que liberdade resta aos que, como eu, não gostam de bola e têm de levar diariamente com as notícias fascinantes da pubalgia do Cristiano Ronaldo ou das birras do seleccionador Agostinho?

6:23 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home