29 maio, 2006

||| Impostos.
O Parlamento Europeu estuda a hipótese de lançar um imposto sobre mensagens SMS e sobre e-mails. Segundo a notícia, a ideia é que o imposto ajude a financiar o Parlamento, tornando-o mais independente dos estados membros da União. Preparem-se.

P.S. - Os cidadãos desses estados podem, ou não, questionar o orçamento do Parlamento Europeu?

Adenda: Mais informações no Terra / Brasil
(
«Parlamentares da União Européia estão avaliando a proposta da taxar e-mails e mensagens de texto enviadas por celulares (SMS) como uma maneira de bancar o bloco de 25 países no futuro.»), no O Globo.

5 Comments:

Blogger pedro figueiredo said...

independentemente do valor ou na~o do pe, na~o e' bem assim, e' mais um episo'dio de imprensa/blogs histe'ricos: http://the.taoofmac.com/space/blog/2006-05-27

12:01 da tarde  
Blogger George Cassiel said...

E porque não um imposto sobre as propostas mais idiotas do Parlamento Europeu?

12:10 da tarde  
Blogger Augusto martins said...

e um imposto pelas garfadas que metemos à boca e por cada trago que emborcamos, e por cada lufada de ar que respiramos e por algumas outras coisas também íntimas que não descrevo, e já agora também pelos disparates.

3:47 da tarde  
Blogger Pitucha said...

Não me parece que o PE tenha sequer competência para tal!
O novo quadro financeiro para 2007-2013 acabou de ser aprovado e uma medida deste tipo teria que se enquadrar nele.
Vou averiguar a questão (de que ninguém parece ter conhecimento na Comissão Europeia)

4:48 da tarde  
Blogger mariajoni said...

Bem, teríamos de ter uma conta de crédito na internet especialmente destinada às contas de e-mail... isso era um doce demasiado bom para hackers e piratas informáticos, nao? Por outro lado dava a hipótese de surgir uma nova vertente dos bancos ligada à internet. Actualmente podemos aceder ao banco online, mas com isto teria de ser desenvolvido um sistema ainda maior e mais abrangente. Que grande confusão. Pessoalmente nao concordo com esta legislativa (se é que existe). Traria vantagens, mas muitas desvantagens tb.

11:44 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home