01 setembro, 2005

||| Cultura, aí vou eu
Preparem-se. A cultura está aí a bater à porta e a preparar-se para o beija-mão. São as presidenciais. Soares será o candidato da cultura, dos artistas, dos intelectuais, do pessoal cosmopolita, dos universitários. Suponho que Cavaco, se avançar, arregimentará apenas o que sobrar dos jogos florais. Ah, o Portugal da Cultura já está em bicos de pés. Preparem-se para mais uma lavagem, se ainda tiverem paciência.

27 Comments:

Anonymous Anónimo said...

-que retirar deste post?!
O FJV pertence ou não ao Portugal da Cultura?
francisco

11:42 da manhã  
Blogger Rui Coutinho said...

caro francisco,
precisamente o que eu andava a pensar. a click intelectual [que não admite que haja intelectuais, artistas ou gente da cultura que não seja de esquerda] vai começar com o seu beija-mão. e com as comparações elitistas [vide vital moreira no causa-nossa - ou como o belmiro de azevedo é um inergúmeno se comparado com antónio damásio].
é precisamente por esta atitude tradicional da esquerda elitista que cavaco vai vencer as eleições. é que já não há pachorra para estes mitos, para estes clichés, para estes absurdos.

bem vindo de volta.

11:59 da manhã  
Blogger Rui Coutinho said...

energúmenro, claro está...

12:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Desculpe, mas o FJV beijava a mao a quem? Ao Luízes Delgados, Mexias, Bush e Sharon, Barroso e companhia?

12:55 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Já sei: Beijava a mao a Nuno Morais Sarmento?

A cultura é um livro aberto, desde que seja o seu. Ora!

12:58 da tarde  
Blogger afp763389 said...

... :)

1:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Apesar de ter votado sempre à esquerda desde as primeiras eleições livres deste país, não consigo hoje considerar o meu voto na divisão para mim artificial entre esquerda e direita. Com a maturidade e a investigação nomeadamente sobre o antes 25 de Abril aprendi a dividir entre os homens bons que tem um projecto para o pais e trabalham para ele e aqueles que se servem do País.
Importa-me hoje votar em alguém que tenha uma ideia para este País que se afundou no esgotamento do modelo de desenvolvimento definido noa anos sessenta. Não me interessa se é culto ou se é de esquerda, mas que represente as funções presidenciais com dignidade à altura do cargo e das exigências de hoje: Mudar o rumo de Portugal

1:46 da tarde  
Blogger Zé da Ponte said...

Obrigrado Chico
Pelo regresso.

2:37 da tarde  
Blogger Cristina said...

só para o felicitar pelo regresso.ainda bem, vem na altura certa
um abraço

2:53 da tarde  
Blogger aL said...

ainda bem que regressou!
e faço minhas as palavras do rui:"a click intelectual [que não admite que haja intelectuais, artistas ou gente da cultura que não seja de esquerda]"

3:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

se fossem só esses a votar... o problema, é que num ou noutro, muita gente vai votar. as pessoas estão sempre a dizer que não podem fazer nada, mas quando podem, não fazem. e assim, temos um Mário Soares a candidatar-se pela 3ª vez.
mas também... na feira não há sempre carroceis? pois então: vai, mais uma voltinha!

3:34 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Está a esquecer-se do Portugal dos que se reformam cedo ... sem nunca trabalhar...esses também gostam mais do Paizinho do Povo.

3:56 da tarde  
Blogger Nuno Gouveia said...

A sua presença na blogosfera é um motivo de regozijo para todos. Sobre este tema, é o costume, com a superioridade intelectual da esquerda, que se arroga detentora de todo o saber e conhecimento. Ontem, na apresentação da candidatura de Soares, já ficamos a saber que um dos expoentes máximos da cultura portuguesa, José Castelo Branco está ao lado de Mário Soares, citando o DN “"Faça muito por este País, que precisa muito de si. Não deixe ir [para Belém] a Maria Cavaco, qu'horror!".

4:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Hard working artist are no asskissers!

;)

Grande nome para o blogue Francisco.

Um abraço

4:52 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

-- PRESIDÊNCIAIS 2006 --
No Euro 2004 os portugueses uniram-se em torno da selecção. Agora o Mário Soares quer que os portugueses se unam à volta da sua candidatura. A selecção portuguesa ficou em segundo lugar.... Oppsss!!... que assim o Cavacus ainda ganha este torneio.

5:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

FJV,
Que bom AVIZtá-lo aqui neste novo espaço! Está já lincado ao meu naoapagar.blogspot.com

5:11 da tarde  
Blogger Bmonteiro said...

Sara, bravo.
Embora considere o cargo irrelevante (actualmente)para um País normal e decente.
É importanto no domínio da simbologia e do protocolo do Estado e dos Estados. Pouco mais.
Relevante, era termos PM com ideias e projectos, uma «estratégia», em vez de promessas infantis, a fazerem do pôvo uma colectividade infantilizada.
Com as catástrofes dos PM que temos tido, viramo-nos para D. Sebastião,ou para Godot, à espera da salvação. uma questão de compensação psicológica.
Toda a razão à Sara.
Com a minha costela de direita e a de esquerda.

5:58 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É aqui o local do beija-mao?

Bem regressado à blogesfera. Que bom que tem um novo blog!!

6:33 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

6:44 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Parabéns pelo regresso!

George

www.georgecassiel.blogspot.com

6:45 da tarde  
Blogger Chriswab said...

Hi I´m Chris. Greatings from Germany Bottrop !!

6:48 da tarde  
Blogger Teófilo M. said...

A cultura está aí a preparar-se para o beija-mão!!!

O Francisco não é cultura?

Vai ao beija-mão?

Estará em bicos de pés?

Confesso que não entendo.

7:45 da tarde  
Blogger ATF said...

Caro Francisco, no seu artigo de hoje do JN percebi que empregava alguma paridade nestas duas candidaturas. neste post apresenta-nos uma certa constatação: o beija-mão. Manuel Alegre merecia melhor justiça quanto a este tema, já que me parece que muita gente pretendia que ele fosse o primeiro a beijar a mão do padrinho.

8:09 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Pois. Além disso, preparem-se. A alta finança está aí a bater à porta e a preparar-se para o beija-mão. São as presidenciais. Cavaco será o candidato da economia, dos empresários, dos proprietários, do pessoal liberal, dos banqueiros. Suponho que Soares, tendo avançado, arregimentará pouco ou nada. Ah, o Portugal da Alta Finança já está em bicos de pés. O Belmiro, cheio de pressa, já veio apoiar um candidato que ainda não é candidato. Preparem-se para mais uma lavagem, se ainda tiverem paciência. Bom, mas o que interessa é essa malta da cultura. Os gajos são perigosos, pá. O melhor é sacarmos da pistola.

8:29 da tarde  
Blogger António Luís said...

Caro Francisco!
Como gosto de voltar a lê-o na blogosfera!
Já está nos favoritos.
Continue e que não lhe doa a pena!
ALuís

1:09 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Saúdo o regresso do FJV, que admiro como escritor, crítico e adepto azul e branco!
O seu post é mordaz, mas
convenhamos que a declaração de Mário Soares é uma notável peça política na forma e conteúdo, independentemente de concordarmos ou não com a sua candidatura.
Irá para os anais da política nacional.

1:34 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Caro Francisco,
Seja bem-vindo a este novo cantinho.
Cheguei aqui pela Miss Pearls e apetece-me deixar um desabafo:é isso mesmo, já não tenho paciência para os 'bicos de pés' e os 'beija-mão'!
Mas sim, continuarei a votar!
Cumprimentos.

9:59 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home